É fundamental que toda empresa conte com um plano de manutenção preventiva. Afinal, somente a partir disso é possível definir técnicas que conseguem aprimorar a segurança das instalações da empresa.

Mas elaborar um plano de manutenção preventiva pode ser uma tarefa demorada e mais difí­cil do que parece. Esse é um processo que envolve muitas etapas como a paralisação na produção. Além disso, a manutenção preventiva é menos custosa do que outros tipos de manutenção, justamente porque evita problemas maiores.

Por isso, a manutenção preventiva é indispensável, estando prevista na norma NBR-5462.

Para entender melhor o que é a manutenção preventiva, qual a sua importância e quais são os seus benefí­cios, continue a leitura!

Manutenção preventiva é essencial para as empresas. | Foto: Freepik/pressfoto.

O que é manutenção preventiva?

A manutenção preventiva está prevista na norma NBR-5462 e, segundo a norma, a manutenção deve ser realizada em intervalos predeterminados, afinal o objetivo é reduzir riscos de falhas ou possí­vel degradação de qualquer equipamento.

A manutenção preventiva costuma ser mais cara do que outros tipos de manutenção porque é voltada apenas para os equipamentos nos quais as falhas têm relação direta com o tempo de existência.

O plano de manutenção preventiva é basicamente um conjunto de registros que possuem todos os detalhes acerca das atividades que deverão ser realizadas durante a operação.

Os detalhes do plano de manutenção preventiva incluem informações como: localização e identificação do equipamento, frequência da manutenção e materiais e peças necessários.

Os documentos são montados em formato de roteiro para padronizar o trabalho dos profissionais.

Então, a manutenção preventiva avalia a condição de equipamentos que ainda funcionam bem, procurando por sinais que indiquem desgaste, para que possa ser feita uma interferência antes de ocorrer qualquer falha.

Gatilhos da manutenção preventiva

Os gatilhos são critérios que definem quando uma manutenção deve ser realizada. A cada ocorrência de um gatilho uma nova ação de manutenção deve ser feita.

No caso da manutenção preventiva, existem 3 gatilhos:

  • Critérios específicos (a depender de cada tipo de equipamento);
  • Diminuição da possibilidade de falhas;
  • Intervalos predeterminados.

Em geral, existem quatro tipos de gatilhos e eles estão relacionados a: tempo, horas de funcionamento, produtividade e gatilho misto.

No caso do gatilho misto, ele é determinado pelos trás primeiros tipos de gatilho. Então, a manutenção preventiva deve ser realizada conforme o gatilho que ocorrer primeiro.

Importância da manutenção preventiva

O maior objetivo de um plano de manutenção preventiva é conseguir programar de maneira prévia todas as ações de manutenção.

Dessa forma, é possível reduzir custos, aumentar a segurança, disponibilidade e confiabilidade nos equipamentos.

Se você não acredita nisso, basta pensar em um parque de diversões. Teria coragem de andar em qualquer brinquedo se soubesse que os gestores do parque nunca fazem uma manutenção preventiva?

Além disso, quando a manutenção é feita adequadamente, o gestor transforma esse controle em uma ferramenta de avaliação e consegue alavancar os í­ndices da empresa.

Quer ficar ainda mais convencido de que a manutenção preventiva é imprescindí­vel para qualquer empresa? Confira o item abaixo!

Benefí­cios da manutenção preventiva

O plano de manutenção preventiva, se usado de forma estratégica, pode ser muito vantajoso para qualquer negócio. Veja alguns benefícios:

1. Economia de tempo

Se a empresa já possui um plano de manutenção preventiva todo pronto, fica mais fácil para os profissionais entenderem o que devem fazer. Assim, é claro que o tempo de trabalho é otimizado.

Outro ponto: dessa forma, é possí­vel diminuir as horas extras que são gastas com a manutenção de falhas.

O gestor consegue até mesmo acompanhar todo o processo, podendo avaliar de que forma as próximas manutenções podem ser aprimoradas.

A economia de tempo também está diretamente relacionada com a economia de dinheiro. Isso porque quanto mais tempo um equipamento fica parado para manutenção, mais ele gera prejuí­zos para a empresa.

2. Reduz desperdí­cios

Sem um bom planejamento de manutenção preventiva, a empresa provavelmente gastará muito dinheiro com recursos desnecessários. Isso aumenta o custo sem aumentar igualmente a qualidade do serviço.

O desperdí­cio ocorre, principalmente, quando não há um fluxo de atividades predefinido ou quando as peças para a manutenção não são suficientes.

Mas isso acontece com empresas que não têm um plano de manutenção preventiva. Já nas empresas que possuem, é possí­vel reduzir bastante o dinheiro gasto com materiais, mão de obra e tempo.

3. Reduz falhas

Por meio de um plano de manutenção preventiva é possí­vel identificar falhas nos equipamentos. Ou seja, essas falhas terão bem menos impacto nas operações porque foram detectadas antes de causarem qualquer dano maior.

Quando o defeito é descoberto com antecedência, a empresa consegue paralisar a produção para a correção do equipamento sem que haja qualquer prejuí­zo.

4. Economia de dinheiro

Se você juntar todas as vantagens anteriores, chegará à economia de dinheiro. E isso acontece porque um plano de manutenção preventiva reduz os custos de operação.

É possí­vel economizar dinheiro simplesmente pelo fato de o tempo ser sempre melhor utilizado, os recursos aproveitados e as falhas reduzidas.

5. Mais segurança

Qualquer equipamento que estiver com falhas pode apresentar um grande perigo para os trabalhadores. A maior causa de acidentes no ambiente de trabalho é a falta de manutenção preventiva.

Por isso, quando a empresa possui um plano de manutenção preventiva, ela consegue interferir antes que algo aconteça, mantendo os funcionários em segurança.

6. Aumento da vida útil

Cada equipamento tem um tempo de vida diferente, isso costuma variar bastante. Porém, quanto mais conservado, maior a durabilidade.

E, quando um equipamento tem uma vida útil maior, demora mais para que a empresa precise substituí-lo. Com a manutenção preventiva, os equipamentos são conservados, aumentando sua vida útil.

Fazer um plano de manutenção preventiva tem muitas vantagens para a sua empresa. E não é algo difí­cil: uma planilha de manutenção preventiva pode ser feita rapidamente.

Quer começar a investir em seus equipamentos? Conte com a plataforma In Motion da Byte in Motion.

A plataforma In Motion oferece a melhor solução para os gestores que querem fazer mais sem precisar gastar muito.

Temos soluções In Motion Condos, In Motion Facilities, In Motion Hospitality e In Motion City Hall. Venha conferir nosso software de manutenção preventiva!